Cruz Vermelha destaca inundações trágicas na Coreia do Norte

Cruz Vermelha destaca inundações trágicas na Coreia do Norte
De  Rodrigo Barbosa com AFP
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A Cruz Vermelha Internacional diz-se “extremamente preocupada” com a situação de milhares de pessoas afetadas pelas grandes inundações registadas na Coreia do…

PUBLICIDADE

A Cruz Vermelha Internacional diz-se “extremamente preocupada” com a situação de milhares de pessoas afetadas pelas grandes inundações registadas na Coreia do Norte.

O último balanço anunciado pela ONU contabiliza pelo menos 133 mortos e perto de 400 pessoas dadas como desaparecidas. Mas segundo a Cruz Vermelha, que pode visitar a região afetada, perto de Hoeryong, junto à fronteira nordeste do país, há pelo menos 140.000 norte-coreanos que precisam de assistência humanitária urgente.

Um porta-voz da organização explica que ainda não sabem qual a percentagem “de campos de arroz e cereais que ficaram totalmente destruídos, mas numa área onde a segurança alimentar já é normalmente precária, pode ter um impacto que resultará possivelmente num segundo desastre, nos próximos meses”.

A região norte do país enfrenta há duas semanas os efeitos das graves inundações. Segundo a Cruz Vermelha, cerca de 24.000 habitações ficaram totalmente destruídas e milhares de outras encontram-se danificadas e o risco de propagação de doenças é elevado.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Presidente da Guatemala declara estado de calamidade devido a incêndios florestais

Rússia e Cazaquistão vivem "piores cheias em décadas"

Sobe para nove o número de mortos no sismo em Taiwan. Mais de 700 feridos e dezenas sob escombros