Última hora
This content is not available in your region

Sírios detidos na Alemanha usaram rede dos atentados de Paris

euronews_icons_loading
Sírios detidos na Alemanha usaram rede dos atentados de Paris
Tamanho do texto Aa Aa

A polícia alemã prendeu três refugiados sírios a viver no Estado de Schleswig-Holstein, no norte do país, suspeitos de serem infiltrados do grupo terrorista Estado Islâmico. Um deles terá tido treino de manuseamento de armas e explosivos com o Daesh antes da viagem para a Europa.

Tudo aponta para que se tenham infiltrado através da mesma organização de tráfico envolvida nos atentados de Paris.

Thomas de Mazière Ministro alemão do Interior

Segundo as autoridades, os homens teriam como missão realizar ataques terroristas em solo europeu. Entraram na Alemanha inseridos na onda de refugiados que transitou pela Turquia e pela Grécia.

O ministro do Interior, Thomas de Mazière, explicou os contornos: “Tudo aponta para que se tenham infiltrado através da mesma organização de tráfico envolvida nos atentados de Paris. Tudo indica também que os documentos de viagem tenham sido feitos na mesma oficina, na mesma área”.

A detenção dos três homens surge depois da onda de alarme gerada por vários atentados no verão atribuídos ao Daesh, incluindo o atentado no festival de música de Ansbach ou o ataque à machadada num comboio na Baviera. Em ambos os atentados, não houve vítimas mortais. mas o alerta ficou instalado na Alemanha, país de destino de centenas de milhares de refugiados nos últimos meses.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.