Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Egito recebe último dos navios de guerra Mistral

Egito recebe último dos navios de guerra Mistral
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Amarras soltas no caso dos navios de guerra franceses da classe mistral.

A França entregou a segunda de duas fragatas de assalto anfíbio à marinha egípcia e termina assim uma longa história iniciada com a anexação da Crimeia por parte da Rússia.

No porto francês de Saint-Nazaire, a bandeira egípcia foi içada no “Anwar El Sadat”, um navio polivalente de 199 metros de cumprimento com capacidade de transporte de 22 mil toneladas, também conhecido como porta-helicópteros.

O “Anwar El Sadat”, nome de um presidente egípcio, prémio Nobel da paz assassinado em 1981, vai ter a sua base em Alexandria. A tripulação de 360 marinheiros recebeu uma formação rápida depois do equipamento russo daquele que se chegou a chamar Vladivostok, ter sido substituído por outro de acordo com a operacionalidade egípcia.

A compra dos dois navios por cerca de 950 milhões de euros, graças a um financiamento saudita, conclui um caso que envolveu a Rússia, cliente inicial das embarcações.

A agenda política dos russos no leste ucraniano e o subsequente embargo de armas ditou a anulação do negócio.