Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Porta-voz de Trump corrige candidato: "Barack Obama nasceu nos EUA"

Porta-voz de Trump corrige candidato: "Barack Obama nasceu nos EUA"
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Donald Trump reconhece finalmente que Barack Obama nasceu nos EUA.

A afirmação não vem do candidato, mas do porta-voz da campanha do republicano, Jason Miller, num comunicado publicado esta noite.

O tema tinha voltado a entrar no debate político, depois de Donald Trump ter rejeitado responder a uma pergunta do Washington Post sobre a terra natal do chefe de estado, numa entrevista publicada esta sexta-feira no jornal.

Em 2014, Trump tinha sido um dos protagonistas de uma campanha contra Obama que obrigara o presidente a publicar a sua certidão de nascimento, registada no Hawai.

Ontem Trump voltou a centrar a campanha na questão do estado de saúde de Clinton, ao publicar o seu boletim médico, revelado um dia antes, durante um programa de televisão.

Segundo o médico do multimilionário, Trump tem uma saúde física excelente, apesar de sofrer de sobrepeso.

O diagnóstico clínico não evoca, no entanto, uma questão capilar, que continua a intrigar a opinião pública e que o humorista Jimmy Fallon não hesitou em aflorar ontem durante o programa Tonight Show: o cabelo de Trump.