Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Síria: raide aéreo destrói coluna de ajuda humanitária a oeste de Alepo

Síria: raide aéreo destrói coluna de ajuda humanitária a oeste de Alepo
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Pelo menos 18 de 31 camiões das Nações Unidas e Crescente Vermelho foram atingidos no decurso de raides aéreos levados a cabo por forças sírias ou russas.

Cabe à Rússia controlar Assad. O regime sírio está a bombardear alvos de forma indiscriminada, incluindo colunas de ajuda humanitária.

John Kerry Secretário de Estado, EUA

O ataque ocorreu às 7.30 da noite de segunda-feira.

O ataque, em Orum al-Koubra, fez pelo menos doze mortos, segundo o Observatório Sírio dos Direitos Humanos, que precisou que as vítimas eram “voluntários do Crescente Vermelho e condutores dos camiões atingidos”.

Falando antes do ataque, o secretário de estado norte-americano, John Kerry, afirma que cabe à Rússia controlar Assad. Para Kerry, o regime sírio está a bombardear alvos de forma indiscriminada, incluindo colunas de ajuda humanitária.

O ataque tem lugar depois do regime de Bashar al-Assad ter dado oficialmente por terminada a frágil e difícil trégua instaurada no dia 12, na sequência de um acordo negociado pelos Estados Unidos e pela Rússia em Genebra.

Damasco acusou grupos rebeldes de “não respeitarem” as disposições do acordo, denunciando mais de 300 violações do cessar-fogo.