A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Grécia rejeita pedido de asilo a 3 militares turcos

Grécia rejeita pedido de asilo a 3 militares turcos
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A comissão de asilo político grega recusou o pedido de 3 dos 8 soldados turcos que chegaram ao país na sequência do golpe de Estado falhado na Turquia a 15 de julho.

Um dos pedidos foi recusado com base na evidência de participação no golpe, enquanto os outros dois soldados não colaboraram com as autoridades gregas, segundo a agência noticiosa estatal turca, Anadolu, que cita o ministro da justiça grego.

A advogada dos militares, Stavroula Tomara, havia declarado antes da entrevista na comissão que qualquer decisão negativa seria alvo de recurso. Depois da entrevista ter tido lugar, declarou que havia verificado irregularidades e que estava sob a impressão de que a decisão estaria previamente tomada, sendo a entrevista apenas uma formalidade a cumprir.

Os oito militares chegaram de helicóptero à Grécia, no dia seguinte ao golpe falhado. Deram entrada com os pedidos de asilo, mas foram detidos e condenados a dois meses de pena suspensa por entrada ilegal no país.

A Turquia pediu a sua extradição dizendo serem “traidores” e “elementos terroristas”.

Segundo a imprensa grega, os outros 5 soldados saberão da decisão para a semana.

Os homens mantêm que as suas vidas correm perigo se forem forçados a voltar à Turquia, negam qualquer envolvimento no golpe e dizem ter fugiso quando o helicóptero em que voavam se tornou alvo de ataque no decorrer do golpe.