Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

OCDE revê em baixa as previsões de crescimento da economia mundial

OCDE revê em baixa as previsões de crescimento da economia mundial
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A economia mundial vai crescer, este ano, ao ritmo mais baixo desde a crise financeira, avisa a OCDE nas novas previsões apresentadas esta quarta-feira.

A desaceleração no comércio internacional é o principal motivo que leva a Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE) a prever um crescimento de 2,9% para este ano, menos uma décima do que a estimativa que apresentou em junho e menos duas décimas do que o crescimento do PIB mundial no ano passado.

Segundo a OCDE, os efeitos negativos do “Brexit” não vão ser sentidos já, com o Reino Unido a crescer este ano 1,8%, mais uma décima do que foi previsto em junho. Mas, em 2017, a previsão é que o PIB britânico avance apenas 1%, metade do que foi anteriormente estimado.

Quanto ao Brasil, a OCDE melhor a perspetiva, antevendo uma contração de 3,3% do PIB, menos 1% do que estimava em junho.

Na zona euro, a previsão é agora que o PIB cresça 1,5%, menos uma décima do que o previsto antes do verão.