EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Síria: "Trégua" unilateral russa sem resultados

Síria: "Trégua" unilateral russa sem resultados
Direitos de autor 
De  Miguel Roque Dias com REUTERS
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

A Organização das Nações Unidas afirma que não pôde prestar ajuda à população de Alepo, na Síria, durante a nova “trégua humanitária” unilateral, de dez horas, da Rússia, por não estarem reunidas as c

PUBLICIDADE

A Organização das Nações Unidas afirma que não pôde prestar ajuda à população de Alepo, na Síria, durante a nova “trégua humanitária” unilateral, de dez horas, da Rússia, por não estarem reunidas as condições de segurança necessárias.

Com este cessar-fogo, que vigorou entre as 9 e as 19 horas locais, Moscovo pretendia facilitar a retirada de civis, de modo a evitar vítimas.

Foram poucos os que saíram.

Aleppo evacuations to fall flat, rebels prevent any exit: Syria official https://t.co/XOBbT2sWeC

— Reuters Top News (@Reuters) November 4, 2016

A zona oriental de Alepo está sob controlo dos opositores ao regime do presidente Bashar al-Assad. As forças governamentais lançaram um ataque para recuperar aquela zona da cidade onde se estima que residam entre 250 mil e 275 mil pessoas e 8 mil rebeldes.

A oposição Síria afirma que a “trégua” da Rússia serviu apenas para “enganar” a comunidade internacional.

A NATO (Organização do Tratado do Atlântico Norte) teme que Moscovo utilize a frota de guerra, que se dirige para a Síria, para combater os rebeldes do leste de Alepo.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Israel ataca unidade de defesa aérea no sul da Síria com mísseis

Embaixador iraniano na Síria promete retaliação após alegado ataque israelita destruir consulado

Ataque israelita destrói consulado iraniano em Damasco e mata alta patente militar