COP22 com olhos postos na América

COP22 com olhos postos na América
De  Ricardo Figueira
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Donald Trump já prometeu que vai denunciar o acordo de Paris, caso seja eleito.

PUBLICIDADE

Com AFP

Se em Paris, na COP 21, foi assinado um tratado histórico sobre o clima, agora são os moldes de aplicação do texto que estão em discussão na COP22.

A cimeira começa esta segunda-feira em Marraquexe, Marrocos, com as atenções voltadas para as eleições norte-americanas. Isto porque Donald Trump já prometeu que vai denunciar o acordo de Paris, caso seja eleito. O acordo foi assinado no ano passado por 192 países e até agora ratificado por 100, representando 70% das emissões mundiais de gases com efeito de estufa. Os Estados Unidos são considerados o segundo maior emissor destes gases, no mundo.

O acordo tem como principal objetivo limitar o aquecimento global aos dois graus centígrados.

#COP22 Starts NOW !!!https://t.co/E4wGmBWBAo#ActionTimecop22</a> <a href="https://t.co/KzX6HIULDt">pic.twitter.com/KzX6HIULDt</a></p>&mdash; Elyx by YAK ✏️❤️ (ElyxYak) November 7, 2016

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Marrocos lança iniciativa de ajuda aos agricultores africanos

Zelenskyy na Albânia para cimeira com países do sudeste europeu

Urso pardo abatido em Itália depois de perseguir casal gera protestos por parte de ativistas