Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Índices de poluição em Nova Deli levam a medidas extremas

Índices de poluição em Nova Deli levam a medidas extremas
Tamanho do texto Aa Aa

As autoridades de Nova Deli retiraram as licenças de circulação a milhares de veículos a diesel, com mais de 15 anos, e interromperam os trabalhos de construção da rede de metro.

É a última tentativa para atenuar a espessa nuvem de fumo, cinzas e outros poluentes que cobre a capital indiana. Os níveis de poluição estão muito acima do limite de segurança.

“Somos responsáveis pela poluição do ar que atinge níveis tóxicos e vai para lá dos limites que se podem medir, ultrapassa a imaginação humana ou a das máquinas que deveriam ser capazes de calcular o quão poluído está o nosso ar”, adianta Vimlendu Jha, ambientalista.

O Supremo Tribunal vai analisar petições de grupos ambientalistas que pedem a sua intervenção para que se implementem as medidas antipoluição ordenadas por outra alta instância.

As autoridades garantem que a questão está a ser resolvida:

“Estão a ser tomadas todas as medidas. As estradas de Deli estão a ser lavadas pela primeira vez. As estradas estão a ser molhadas para evitar que a poeira suba, estamos a tomar todas as medidas possíveis”, afirma o ministro da Saúde, Satyendra Jain.

A Índia, que é o terceiro maior emissor mundial de gases com efeito de estufa, ratificou em outubro o acordo de Paris sobre alterações climáticas.

Um grande passo num país onde a poluição atmosférica causou a morte prematura, em 2013, a 1,3 milhões de pessoas. Dados recolhidos pelo “Global Burden of Disease Project“http://www.healthdata.org/gbd.

Com Reuters