Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Eslovénia: cidade natal de Melania Trump festeja eleição de Donald

Eslovénia: cidade natal de Melania Trump festeja eleição de Donald
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Na pequena cidade de Sevnica, na Eslovénia, as eleições americanas têm uma afinidade: a do casamento. Melania Knavs, depois Melania Knauss, agora Melania Trump, é filha da terra.

Slovenia:Sevnica - Melania Trump

A futura primeira dama americana é a segunda a não ter nascido nos Estados Unidos e a primeira com origem no continente europeu. É a terceira na casa Branca a ser modelo profissional, fala 5 Línguas (Esloveno, Alemão, Francês, Sérvio e Inglês) e, apesar de tudo, é a que tem piores taxas de favoritismo desde 1992 quanto a uma Primeira-Dama, segundo a Gallup.

Em Sevnica, no entanto, a popularidade de Melania está intocada, garante o presidente da câmara, Srecko Ocvirk: “Nós, o povo de Sevnica, estamos todos felizes por ver a Melania a sair-se bem. Sempre apoiámos a candidatura de Trump e especialmente a Melania, que apoiou o marido.”

Um apoio muito posterior à tomada de decisão de deixar a pequena cidade e partir para a capital à procura de mais mundo, como nos diz uma amiga de infância, Mirjana Jelancic: “Enquanto criança, a melania já era muito criativa e inovadora e nesse sentido Sevnica era demasiado pequena para ela. Sempre disse que queria ir para Lubliana para estudar na escola de design lá. Tinha imenso potencial, imensas capacidades e acredito que foi por isso que encontrou o caminho para o sucesso no estrangeiro.”

Mesmo no estrangeiro e não sendo vista na pequena cidade há anos, Melania Trump parece lembrar-se das raizes, pelo menos em ocasiões especiais. Quando o filho Barron nasceu, há dez anos, Melania ofereceu uma ambulância à unidade local de saúde.

Quanto ao papel de Primeira-Dama, Melania parece preferir a distância dos holofotes, especialmente depois de ter sido ridicularizada por ter plagiado Michelle Obama num discurso proferido para apoiar a candidatura republicana do marido.

Contudo, em entrevista em Outubro, declarou que um dos seus focos de interesse nesse papel poderá ser o modo como as redes sociais podem afectar negativamente crianças e jovens, tentando inverter isso. Melania alegou que há que descobrir novos modos de comunicar sem que o que se diz ou escreve nos meios maciçamente usados pelos mais novos os fira psicologicamente.