EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Donald Trump paga 25 milhões em acordo extra-judicial por violar leis do ensino

Donald Trump paga 25 milhões em acordo extra-judicial por violar leis do ensino
Direitos de autor 
De  Francisco Marques com Washington Post, Lusa, Reuters
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O Presidente-eleito era visado em três processos judiciais por alegada fraude através da antiga Universidade Trump, mas agora já pode focar-se apenas nos desafios da Casa Branca.

PUBLICIDADE

A dois meses de se tornar Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump conseguiu evitar ter de ir a tribunal como réu em três processos judiciais por alegada fraude envolvendo a antiga Universidade Trump, entretanto transformada na Iniciativa Empreendedora Trump antes de ser fechada.

Contrariando o que se gabou de nunca fazer, o Presidente-eleito acabou por aceitar um acordo extra-judicial de 25 milhões de dólares (23,6 milhões de euros) para encerrar os processos: dois no estado na Califórnia e uma queixa civil apresentada em Nova Iorque pelo próprio procurador-geral do estado, o democrata Eric Shneiderman, que chegou a acusar Trump de ter “ludibriado em milhões de dólares milhares de americanos inocentes.”

Trump University has a 98% approval rating. I could have settled but won't out of principle!

— Donald J. Trump (@realDonaldTrump) 29 de fevereiro de 2016

pic.twitter.com/9HYzUTJqLZ

— Eric Schneiderman (@AGSchneiderman) 18 de novembro de 2016

O advogado de Donald Trump afirmou que “uma parte importante da vontade de resolver o caso foi o reconhecimento de que não houve culpa nem responsabilidade quer do Presidente-eleito Trump quer da Universidade Trump”. “Não houve qualquer determinação em relação aos méritos deste caso”, concluiu Daniel Petrocelli.

O advogado do lado dos queixosos lembrou que “toda a gente que esteve matriculada na escola vai poder recuperar pelo menos metade do dinheiro se não todo”. “Por isso, estamos muito satisfeitos com este resultado”, assumiu Jason Forge.

.realDonaldTrump</a> just paid $25 million for breaking the law & ripping off students. <a href="https://t.co/G73gPNd7lS">https://t.co/G73gPNd7lS</a></p>&mdash; Elizabeth Warren (SenWarren) 18 de novembro de 2016

O acordo de 25 milhões de dólares elimina qualquer possibilidade de Trump ser chamado a depor no tribunal e destina-se a compensar os mais de seis mil queixosos, incluindo ainda um milhão de dólares de multa a favor do estado de Nova Iorque por violação das leis do ensino.

A resolução do caso permite a Trump poder focar-se apenas e só nos desafios que tem pela frente com a mudança para a Casa Branca.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Futuro vice-presidente dos EUA Mike Pence vaiado na Broadway

Donald Trump escolhe nacionalistas para a justiça e serviços secretos

Biden apela à libertação de jornalistas no jantar dos correspondentes de imprensa