A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Presidente da Gâmbia rejeita derrota eleitoral

Presidente da Gâmbia rejeita derrota eleitoral
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

O presidente cessante da Gâmbia, Yahya Jammeh, disse esta sexta-feira que rejeita os resultados das eleições de 1 de dezembro, denunciando irregularidades na contagem dos votos. O anúncio surge uma semana depois de ter reconhecido a derrota face ao opositor Adama Barrow.

“Da mesma forma em que aceitei de boa fé os resultados, acreditando que a Comissão Eleitoral Independente era realmente independente, honesta e de confiança, rejeito agora os resultados, na sua totalidade.”

A comissão eleitoral reconheceu ter existido um erro, embora uma recontagem tenha dado na mesma a vitória a Barrow, reduzindo simplesmente a vantagem a 19.000 votos.

A comunidade internacional, começando pelo Senegal vizinho, instou Jammeh – presidente há 22 anos – a conduzir uma “transição pacífica” do poder.