A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Supremo Tribunal britânico determina que governo deve consultar Parlamento antes do Brexit

Supremo Tribunal britânico determina que governo deve consultar Parlamento antes do Brexit
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

O Supremo Tribunal britânico determina que o governo deve consultar o Parlamento antes de desencadear o Brexit. Theresa May pretendia invocar o artigo 50 do Tratado de Lisboa até ao final de Março, para começar a negociar a saída da UE. A intenção da primeira ministra britânica era apresentar o acordo final, sem consultar o Parlamento previamente.

Lord Neugerger: “Hoje, por uma maioria de 8 para 3, o Supremo Tribunal determinou que o governo não pode acionar o Artigo 50 sem uma ação do parlamento que o autorize a fazê-lo”.

O Supremo Tribunal britânico já se tinha pronunciado a favor Ginna Miller, em novembro passado – a empresária que representa um grupo de cidadãos que exigia que a decisão deve passar pelo Parlamento. No referendo, 51,9% dos britânicos votaram a favor do Brexit, em comparação com 48,1% que optaram pela permanência do Reino Unido na UE.