EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Alemão decapitado por grupo radical filipino

Alemão decapitado por grupo radical filipino
Direitos de autor 
De  Ricardo Figueira
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O Abu Sayaf é um movimento especialista na extorsão de dinheiro através de raptos e pedidos de resgate.

PUBLICIDADE

Nas Filipinas, um septuagenário alemão foi decapitado pelo grupo extremista islâmico Abu Sayaf, um movimento com ligações ao Daesh que divulgou agora um vídeo que mostra a morte de Jürgen Kantner às mãos de um membro do grupo.

O alemão tinha sido raptado no início de novembro, quando o veleiro em que viajava foi encontrado à deriva. As autoridades encontraram no interior da embarcação o corpo sem vida da companheira. O casal de velejadores já tinha, uma vez, sido raptado por um grupo radical e depois libertado.

#Philipinnes ; #AbuSayyaf beheads German hostage Jurgen Kantner after talks about his ransom collapsed https://t.co/3OpgOwT5INpic.twitter.com/78UbuE7mFJ

— Asia News Bulletin (@oyoumi22) February 26, 2017

Militants publish photo of kidnapped Jurgen Kantner with message.

Kantner was kidnapped in Philippines, by militants of Abu Sayyaf. pic.twitter.com/Gyxzt5qzi6

— Ruslan Trad (@ruslantrad) December 29, 2016

O Abu Sayaf é um movimento especialista na extorsão de dinheiro através de raptos e pedidos de resgate. Foi fundado no início dos anos 90, com financiamento da Al Qaeda, mas recentemente prestou juramento ao Daesh.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Milhares homenageiam professor decapitado por radical islâmico

Alemanha "preocupada" com resultados das eleições francesas apesar da derrota da extrema-direita

Oito suspeitos de crimes de guerra sírios detidos na Alemanha e Suécia