Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Ministro turco garante nada o irá "impedir" de ir à Holanda falar do referendo

Ministro turco garante nada o irá "impedir" de ir à Holanda falar do referendo
Tamanho do texto Aa Aa

Em campanha para as legislativas, Geert Wilders, que já apelidou o presidente turco de “líder islamo-fascista”, manifestou-se em frente à embaixada da Turquia, na quarta-feira, empunhando um cartaz onde se lia, em holandês e turco: “mantenham-se longe, este é o nosso país”

O chefe da extrema-direita, que classifica a Turquia como um “regime ditatorial”, também não quer ver na Holanda comícios de apoio ao reforço dos poderes de Erdogan.

A resposta de Ancara não se fez esperar. O ministro dos Negócios Estrangeiros da Turquia, Mevlut Cavusoglu, garantiu esta quinta-feira que irá à Holanda, que ninguém o pode “impedir” de se encontrar com os cidadãos” e afirmando que não irá “sucumbir a fascistas e racistas como Wilders”.

Um comício do chefe da diplomacia turca, previsto para sábado em Roterdão, foi entretanto cancelado pelo proprietário do espaço onde se ia realizar o evento para promover o “sim” no referendo de abril na Turquia.

O tema entrou na campanha eleitoral holandesa, que tem legislativas agendadas para o dia 15 deste mês.

Pressionado pela ascensão da extrema-direita, o primeiro-ministro da Holanda tem endurecido o discurso. À entrada para uma cimeira da União Europeia, Mark Rutte afirmou que “os turcos sabem que estamos contra a visita”, em especial porque é para promover “um referendo através do qual a Turquia se afasta da democracia, segundo a opinião da Comissão de Veneza”, o principal órgão consultivo do Conselho da Europa.

No meio das trocas de galhardetes entre os políticos, a diáspora turca sente-se cada vez mais isolada, na Holanda, e dividida em relação ao rumo que a Turquia está a seguir.