A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Arábia Saudita baixa impostos da Aramco para atrair investidores

Arábia Saudita baixa impostos da Aramco para atrair investidores
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A Arábia Saudita reduz os impostos da Aramco para tornar a petrolífera mais atrativa antes da Oferta Pública Inicial (IPO, em inglês) no próximo ano.

O decreto, com efeitos retroativos a 1 de janeiro, fixou o imposto sobre os rendimentos em 50%, contra os atuais 85%.

A Aramco paga ainda uma taxa de 20% sobre as receitas e este imposto não foi evocado no decreto.

A fatura fiscal da Aramco é, assim, reduzida em dezenas de milhões de dólares.

Os analistas estimam que o peso sobre as finanças públicas é temporário e será compensado pelos futuros dividendos da empresa.

Riade pretende vender 5% do capital da Aramco. Estima-se que seja a maior entrada na bolsa de sempre. O reino pretende reunir fundos para diversificar a economia e reduzir a dependência do setor petrolífero.