Brexit: "não poderia estar mais feliz" - Nigel Farage

Brexit: "não poderia estar mais feliz" - Nigel Farage
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Nigel Farage, acérrimo defensor do “Brexit” diz estar feliz.

PUBLICIDADE

Nigel Farage, acérrimo defensor do “Brexit” diz estar feliz.

O antigo líder do UKIP, o partido antieuropeísta, não teme os dois anos de conversações que se avizinham, depois da ativação do artigo 50 do Tratado de Lisboa, que vai levar à saída do Reino Unido da União Europeia.

“Haverá muitos argumentos e debates nos próximos dois anos, mas estamos a sair e eu não poderia estar mais feliz… Vou tomar uma cerveja e pensar que mesmo depois de 25 anos de trabalho talvez tenha valido a pena”, pondera.

The impossible dream is happening. Today we pass the point of no return. #BrexitDaypic.twitter.com/pZMceYoZdG

— Nigel Farage (@Nigel_Farage) March 29, 2017

Nigel Farage acredita que a saída do Reino Unido do bloco europeu não é desastre algum e reitera que o “Brexit” é o início do fim da União Europeia.

“Não haver acordo é bom para nós, mas um acordo de livre comércio sensato é melhor para nós e uma vez que somos, agora, o maior mercado de exportação no mundo para eles… O verdadeiro desastre é a contínua crise dos migrantes e o facto de que os países europeus estão, agora, a ser muito desagradáveis uns com os outros. O verdadeiro desastre é que a União Europeia não vai sobreviver”, assegura.

Os líderes europeus reiteraram, no último fim de semana, querer construir uma Europa forte.

Os 27 assinaram a Declaração de Roma onde asseguraram que “a nossa União é indivisa e indivisível”.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Brexit: Britânicos continuam divididos

UE: "Brexit" começa hoje

Velha guarda do rock em peso na abertura da Gibson Garage