Passagem do ex-ciclone Cook longe da catástrofe anunciada

Passagem do ex-ciclone Cook longe da catástrofe anunciada
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O governo neo-zelandês levantou o estado de emergência após a passagem de uma tempestade tropical menos violenta do que o previsto.

PUBLICIDADE

O governo neo-zelandês levantou o estado de emergência após a passagem de uma tempestade tropical menos violenta do que o previsto.

Os ventos fortes e chuvas torrenciais do antigo ciclone Cook, provocaram inundações em várias regiões do país, deixando mais de 11 mil pessoas sem eletricidade e apenas dois feridos hospitalizados após a queda de uma árvore.

Em Wellington, na capital, apenas algumas centenas de pessoas foram acolhidas em abrigos temporários durante a noite.

Antes de perder intensidade, o ciclone Cook tinha morte pelo menos uma pessoa, durante a sua passagem pela ilha da Nova Caledónia, no Pacífico.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Presidente da Guatemala declara estado de calamidade devido a incêndios florestais

Rússia e Cazaquistão vivem "piores cheias em décadas"

Sobe para nove o número de mortos no sismo em Taiwan. Mais de 700 feridos e dezenas sob escombros