Membros da ONU estiveram reféns de ex-rebeldes do Sudão do Sul

Membros da ONU estiveram reféns de ex-rebeldes do Sudão do Sul
De  Luis Guita
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

16 membros da Nações Unidas estiveram reféns de uma centena de antigos rebeldes do Sudão do Sul, num campo de refugiados na república Democrática do Congo, terça-feira, anunciou um responsável da…

PUBLICIDADE

16 membros da Nações Unidas estiveram reféns de uma centena de antigos rebeldes do Sudão do Sul, num campo de refugiados na república Democrática do Congo, terça-feira, anunciou um responsável da ONU.

Há vários meses que os antigos combatentes pedem para serem transferidos.

A maioria dos 530 ex-rebeldes que se encontram no campo são antigos combatentes fieis ao ex-vice presidente Riek Machar, em confronto com as forças do Presidente Salva Kiir desde julho de 2016

Segundo as Nações Unidas, cerca de 3 milhões de pessoas terão deixado o Sudão do Sul devido à violência.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Guterres condena ataque "inconcebível" que matou trabalhadores humanitários em Gaza

ONU exige cessar-fogo em Gaza durante o mês sagrado muçulmano do Ramadão

UNRWA diz que Israel está a proibir entrada de ajuda humanitária no norte de Gaza