EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Incidente diplomático: Primeiro-ministro israelita cancela encontro com ministro alemão

Incidente diplomático: Primeiro-ministro israelita cancela encontro com ministro alemão
Direitos de autor 
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Um encontro com organizações não governamentais que documentam violações dos direitos humanos nos territórios palestinianos ocupados e denunciam as ações do exército de Telaviv está no epicentro do in

PUBLICIDADE

Um encontro com organizações não governamentais que documentam violações dos direitos humanos nos territórios palestinianos ocupados e denunciam as ações do exército de Telaviv está no epicentro do incidente diplomático entre Israel e a Alemanha. Na visita oficial ao chefe da diplomacia alemã encontrou-se com representantes destas ONG’s. O primeiro-ministro israelita não gostou e cancelou o encontro entre os dois.

Benjamin Netanyahy garante que está “a conduzir as relações internacionais de Israel para um nível sem precedentes, mas faço isso através de políticas nacionalistas orgulhosas e não baixando a cabeça ou rastejando. As nossas relações com a Alemanha são fortes e importantes e vão continuar a ser assim “. Netanyahu tentou então desvalorizar o caso mas deixou claro que não se reune com diplomatas que visitam Israel e se encontram com organizações que julgam os soldados israelitas como criminosos de guerra.

Imagine if foreign diplomats visiting the United States or Britain met with NGOs that call American or British soldiers war criminals.

— PM of Israel (@IsraeliPM) 25 de abril de 2017

Sigmar Gabriel também desvalorizou este caso, mas também deixou claro que não gostou do que aconteceu.
“Lamento muito. E vou dizê-lo abertamente: não nos podemos tornar numa espécie brinquedo para a política interna de Israel. Não é uma catástrofe, vamos ter outra ocasiões para nos encontrarmos. Mas já sabemos que quando se vem a Israel pode sempre haver supresas.”.

Quem não cancelou o encontro com o ministro dos Negócios Estrangeiros alemão foi o presidente israelita Reuven Rivlin.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Parlamento alemão debate violência no país e condena ataque contra Robert Fico

Borrell compara destruição em Gaza com danos causados nas cidades alemãs na Segunda Guerra Mundial

Três alemães detidos por suspeitas de espiarem para a China