This content is not available in your region

Família palestiniana processa Estado de Israel

Access to the comments Comentários
De  Euronews
euronews_icons_loading
Família palestiniana processa Estado de Israel

Os familiares do casal palestiniano morto em 2015 num ataque israelita com uma bomba incendiária acusam colonos judeus da responsabilidade do crime e pedem justiça.

O ataque provocou um incêndio fatal para Saad Dawabsheh, sua esposa Riham e o filho Ali de 18 meses. Um processo judicial foi lançado contra o governo israelita.

O avô, Hussein Dawabshe, lamenta a sorte da criança do casal de 4 anos, único sobrevivente: “Ahmad ficou sem pai e sem mãe. Ahmad sofre de muitos problemas devido ao seu estado psicológico. Quando Ahmad vai tomar banho olha para o corpo e pergunta o que lhe aconteceu? O que devo fazer? Por que fizeram isso?

O advogado da família explicou que o casal morava com os dois filhos na aldeia da Cisjordânia sob controlo israelita e, portanto, o governo é responsável por não os ter protegido.

“A família Dawabsheh processa Israel para obter uma compensação de dezenas de milhões de shekels”, disse Amara.

A família acusa Israel de ignorar o perigo da incitação ao ódio e a violência dos colonos judeus da Cisjordânia. O ataque à aldeia de Duma e a prolongada investigação ajudaram a alimentar meses de violência entre as duas comunidades no território. Dois extremistas judeus foram acusados de homicídio e o processo está em curso.