EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Presumem-se mortos os 58 desaparecidos de Grenfell, avança a polícia de Londres

Presumem-se mortos os 58 desaparecidos de Grenfell, avança a polícia de Londres
Direitos de autor 
De  Euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Balanço oficial das vítimas mortais deste incêndio passa de 30 para 88 mortos e pelo menos 78 feridos.

PUBLICIDADE

As autoridades britânicas assumem que 58 pessoas desaparecidas no incêndio na torre Grenfell, em Londres, estarão mortas, o que faz elevar o número de vítimas mortais para 88 pessoas.

Segundo as agências internacionais de notícias, o responsável da polícia londrina Stuart Cundy admitiu também que este número possa aumentar.

Até ao momento, o balanço oficial de vítimas do incêndio na torre de Londres era de 30 mortos.

O incêndio que deflagrou na madrugada de quarta-feira, na Torre Grenfell, rapidamente alastrou a todo o edifício de 24 andares e 120 apartamentos, onde residiam entre 400 e 600 pessoas.

As chamas, que destruíram totalmente o prédio, fizeram igualmente 78 feridos, 19 dos quais continuam internados em quatro hospitais da capital britânica, dez deles em estado crítico. No total, há cerca de 70 desaparecidos.

O mesmo responsável da polícia londrina admitiu que possam ter estado mais pessoas na torre do que aquelas que a polícia estava inicialmente ciente, podendo fazer aumentar mais o número de mortos.

As buscas chegaram a estar suspensas por motivos de segurança, mas as operações retomaram e os trabalhadores de emergência atingiram o topo da torre de 24 andares.

Texto: Lusa (ARP/ CSR)
Edição: Francisco Marques

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Imprensa russa anuncia falsa morte do rei Carlos III

Biólogos investigam encalhe de um grande número de baleias na Escócia

Líder do Malawi pede investigação independente à morte do vice-presidente em acidente de aviação