Última hora

"Detroit" de Kathryn Bigelow retrata os motins de 1967

"Detroit" de Kathryn Bigelow retrata os motins de 1967
Tamanho do texto Aa Aa

“Detroit” da realizadora oscarizada Kathryn Bigelow retrata os motins de 1967, os mais sangrentos da história norte-americana. Tudo começou com uma rusga policial num bar clandestino, em Detroit, onde se encontravam dezenas de afro-americanos.

“A Kathryn era a candidata perfeita para fazer o filme. Ela não recua diante de nada, não esconde a realidade. É como se estivéssemos a ver um filme de guerra. Ela deixa-nos em sobressalto. Para o espetador, não há pausas. A cada segundo perguntamos: o que vai acontecer a seguir, o que se passa”, contou o ator norte-americano Algee Smith.

“Detroit” chega às salas de cinema a 14 de setembro.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.