Contatação ilegal de migrantes na Itália

Contatação ilegal de migrantes na Itália
De  Nelson Pereira
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Polícia de Itália desmantela esquemas de exploração de migrantes em trabalho agrícola. Ganhavam trinta euros por 12 horas de trabalho, detenções e denúncias por contratação ilegal

PUBLICIDADE

A polícia italiana prendeu esta terça-feira dez pessoas e indiciou outras 24, por contratação ilegal e exploração de trabalhadores agrícolas.

Uma vasta operação policial em todo o país, realizada por equipas da brigada nacional anti-crime em coordenação com a Inspeção Territorial do Trabalho.

No decurso desta operação, foram detetadas vários empreendimentos agrícolas que recorriam a esquemas de contratação ilegal de migrantes. Estes recebiam 30 euros por 12 horas de trabalho diárias, ou seja, dois euros e meio à hora. Mão de obra de várias origens: a polícia encontrou paquistaneses, bengalis, centro-africanos, romenos, albaneses, indianos, mas também italianos.

Mais de uma centena de trabalhadores, a habitar em situações precárias, sem condições básicas de higiene. Um grupo de 13 pessoas vivia no atrelado de um camião, sob uma cobertura de lona.

Esta é a segunda fase de uma operação que controlou uma totalidade de 867 pessoas e 77 empresas em todo o país.

Partilhe esta notíciaComentários