EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Astronauta quebra recorde feminino da NASA

Astronauta quebra recorde feminino da NASA
Direitos de autor 
De  Euronews com REUTERS
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Peggy Whitson de 57 anos de idade cumpriu mais de nove meses em órbita quebrando o recorde de permanência no espaço para uma mulher norte-americana, 665 dias cumpridos ao longo de toda a carreira.

PUBLICIDADE

A astronauta da NASA Peggy Whitson, juntamente com dois colegas, já se encontram em terra firme após mais de nove meses em órbita a bordo da Estação Espacial Internacional.

A cápsula Soyuz em que regressaram à Terra aterrou este domingo em segurança no Cazaquistão.

Peggy Whitson, de 57 anos, cumpriu mais de nove meses em órbita alcançando o recorde de permanência no espaço para uma mulher norte-americana, um total de 665 dias ao longo de toda a sua carreira.

Na cápsula Soyuz viajaram ainda Jack Fischer, igualmente da NASA, e o cosmonauta russo Fyodor Yurchikin.

Durante esta missão Peggy Whitson realizou várias experiências científicas e completou quatro saídas no espaço.

Apenas sete cosmonautas russos do sexo masculino registam mais tempo em órbita. O recorde pertence a Gennady Padalka com 878 dias no espaço.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Agência Espacial Europeia selecionou cinco novos astronautas entre mais de 20 mil candidatos

Depois do cancelamento na semana passada, nave espacial russa descola do Cazaquistão

Lançamento da Soyuz abortado a segundos da descolagem