Número de mortos continua a aumentar

Número de mortos continua a aumentar
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

As equipas de resgate prosseguem com os trabalhos tentando salvar com vida todos aqueles que ainda se encontram debaixo dos escombros.

PUBLICIDADE

Subiu para 230 o número de mortos em sequência do sismo de magnitude 7.1, na escala de Richter, que abalou o centro do México, na terça-feira.

Segundo as autoridades, os óbitos ocorreram na cidade do México, em Morelos, onde se registou o epicentro do terremoto, em Puebla, no Estado do México, em Guerrero e em Oaxaca.

Mexico city is not epicenter of quake but 100 deaths are recorded in capital according to civil protection bureau https://t.co/eDTDUF37WNpic.twitter.com/vOpbYYpefC

— China Xinhua News (@XHNews) September 21, 2017

As equipas de resgate prosseguem com os trabalhos tentando salvar com vida todos aqueles que ainda se encontram debaixo dos escombros.

Mais de 80 pessoas foram resgatadas.

Estima-se que o número de vítimas mortais volte a aumentar.

De acordo com os media locais já estão no país várias equipas de resgate do Panamá, Israel e do Chile.

En nombre de Mexico</a> agradezco, con profunda emoción, las muestras de solidaridad y apoyo de países amigos <a href="https://twitter.com/hashtag/FuerzaM%C3%A9xico?src=hash">#FuerzaMéxico</a>.</p>— Enrique Peña Nieto (EPN) September 20, 2017

O presidente mexicano, Enrique Peña Nieto, pediu calma aos cidadãos e decretou três dias de luto nacional, em memória das vítimas mortais.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Sismo de 5,8 sentido na região centro do México

Furacão Otis deixa destruição e morte em Acapulco

Furacão "Otis" irrompe por Acapulco a 300 quilómetros/hora e faz 27 mortos