Última hora
This content is not available in your region

"Salvator Mundi", de Leonardo da Vinci, em leilão na Christie's

"Salvator Mundi", de Leonardo da Vinci, em leilão na Christie's
Tamanho do texto Aa Aa

O último dos quadros de Leonardo Da Vinci nas mãos de um particular vai a leilão no próximo mês de novembro, na cidade de Nova Iorque. O valor inicial de licitação de “Salvator Mundi”, uma representação de Cristo, aproxima-se dos 100 milhões de euros.

Uma oportunidade única, diz Alan Wintermute, da Christie’s:

“Há apenas 15 ou 16 quadros dele. E, mesmo entre esses, há vários por acabar. Por isso, a descoberta de um trabalho totalmente concluido, de autoria de Leonardo da Vinci, é algo que não acontece todos os dias no mundo das artes”, explica.

“É um grande quadro de Leonardo que esteve escondido durante mais de um século. Não é uma oportunidade de uma vida, mas de várias vidas”.

A venda de “Salvator Mundi” segue-se a uma série de exposições em Hong Kong Londres e São Francisco.

Durante o mesmo leilão, a Christie’s propõe também “Sixty Last Suppers”, de Andy Warhol, uma das últimas obras do norte-americano. O valor de licitação inicial estimado é de 50 milhões de euros.