A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Todos os incêndios sob controlo

Todos os incêndios sob controlo
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Estão controlados todos os incêndios em Portugal. Foram dias dramáticos para o país com centenas de fogos e, pelo menos, 36 mortos. Há sete desaparecidos e mais de 60 feridos (, 15 deles em estado graves).

A chegada da chuva, ao norte e centro do país, depois do tempo seco e quente, ajudou no combate aos fogos.

Segunda-feira foram decretados três dias de Luto Nacional. Os fogos que lavravam, desde domingo, levaram o primeiro-ministro a decretar estado de calamidade pública, a norte do Tejo. O país repensa agora o futuro:

“Pelos resultados da comissão técnica independente está hoje feito um diagnóstico muito preciso do que é necessário melhorar no nosso sistema de prevenção e no nosso sistema de combate aos incêndios florestais. O que é que devemos fazer perante este diagnóstico? Aplicar as propostas que nos são apresentadas”.

Desde domingo que várias localidades foram evacuadas, populações realojadas e dezenas de estradas cortadas.
Só no domigo, o fogo matou 38 pessoas e deixou dezenas feridas

Esta é a segunda situação mais grave de incêndios com mortos este ano, depois de Pedrógão Grande, no verão, em que um fogo provocou 64 mortos e mais de 250 feridos.