EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

"Papéis do Panamá": eurodeputados pedem mais legislação

"Papéis do Panamá": eurodeputados pedem mais legislação
Direitos de autor 
De  Isabel Marques da Silva
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied
PUBLICIDADE

A Comissão Europeia deverá criar legislação para melhor combater a evasão fiscal e o branqueamento de capitais nos Estados-membros.

É isso que pede a comissão de inquérito do Parlamento Europeu sobre o chamado escândalo dos “Papéis do Panamá”.

“Acredito que, dois anos após ter surgido este caso, alguns governos investigarão mais intensamente estas questões. O problema de base é que muitas atividades que constam dos chamados “Papéis do Panamá” não são ilegais”, disse György Schöpflin, eurodeputado húngaro de centro-direita.

Depois de 18 meses de investigação, a comissão apresentou o relatório final na semana em que foi assassinada uma jornalista que fazia parte do grupo que revelou o escândalo.

“Conseguimos perceber o tipo de operações feitas, nomeadamente, em alguns países em particular. É o caso de Malta, onde, esta semana, uma jornalista foi assassinada porque estava a investigar crimes relacionados os “Papéis do Panamá”, realçou Nuno Melo, eurodeputado português de centro-direita.

No relatório é, também, pedida legislação que proteja os denunciantes destes casos.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Credit Suisse manteve contas de criminosos secretas durante décadas

Negócios secretos dos líderes mundiais

Oito paraísos fiscais passam da lista negra para a lista cinzenta