Homem condenado por infetar 32 mulheres com o VIH

Homem condenado por infetar 32 mulheres com o VIH
De  Miguel Roque Dias com REUTERS
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

alentino Talluto, de 33 anos, usou as redes sociais para seduzir dezenas de mulheres, por mais de uma década até ser detido em 2015.

PUBLICIDADE

Um homem foi condenado, esta sexta-feira, a 24 anos de prisão por ter infetado mais de 30 mulheres com vírus da Sida, em Itália.

Segundo um tribunal de Roma, Valentino Talluto, de 33 anos, usou as redes sociais para seduzir dezenas de mulheres, por mais de uma década até ser detido em 2015.

O italiano tinha, depois, relações sexuais com as mulheres, sem proteção, apesar de saber que estava infetado com o VIH.

Under the pseudonym “Hearty Style”, 33-year-old accountant Valentino Talluto seduced dozens of young women online https://t.co/YQqxD5Ph3D

— AFP news agency (@AFP) October 27, 2017

De acordo com a investigação, o homem ter-se-á relacionado com, pelo menos, 53 mulheres e transmitiu o vírus a 32.

O procurador pediu prisão perpétua alegando que Talluto provocou uma “epidemia”. O tribunal rejeitou o pedido, condenando-o por “danos corporais graves e incuráveis”.

Com: Reuters

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Croata bate recorde mundial de mergulho em apneia no gelo

Grécia aposta no desenvolvimento da produção de biometano em parceria com Itália

O país mais velho da Europa: o que está por detrás do problema do envelhecimento em Itália?