Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Reforma Protestante celebra 500 anos

Reforma Protestante celebra 500 anos
Tamanho do texto Aa Aa

A igreja luterana comemora 500 anos. Foi a 31 de outubro de 1517 em Wittenberg, na Alemanha, que Martinho Lutero cunhou as 95 teses na origem da Reforma Protestante. As teses eram uma crítica ao Catolicismo romano, em particular à venda da absolvição dos pecados, que se praticava na altura.

A data foi assinalada, nessa mesma cidade, por uma cerimónia ecuménica, em que estiveram presentes a chanceler alemã Angela Merkel e o presidente Frank-Walter Steinmeier.

“A peça central do movimento reformista é a liberdade. ‘Da liberdade cristã’ é a obra mais importante de Lutero. E a liberdade é o grande tópico dos dias de hoje. Significa a liberdade de todas as obrigações? A liberdade de escolher entre milhares de opções? Ou será que a liberdade é o poder pessoal de resistir às autoridades e seguir a sua própria consciência?”, disse o Bispo Heinrich Bedford-Strohm, presidente do Conselho Evangélico Alemão.

A cerimónia pôs fim ao Ano Lutero – um ano de eventos para comemorar os 500 anos da reforma. Para assinalar a ocasião, o Vaticano e Federação Luterana Mundial emitiram um comunicado conjunto, em que condenam a violência e prometeram lutar em conjunto para esbater as diferenças que persistem entre católicos e protestantes.