Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Madrid deverá oficializar mandado europeu de Justiça contra Puigdemont

Madrid deverá oficializar mandado europeu de Justiça contra Puigdemont
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

O advogado do presidente destituído da Generalitat da Catalunha, Carles Puigdemont, diz que a Justiça espanhola emitiu um mandado de detenção europeu contra aquele que o Governo de Madrid considera como antigo líder da região autónoma.

Puigdemont, que se encontra em Bruxelas, não compareceu perante a Audiência Nacional , em Madrid, e condenou a detenção de vários antigos membros do Governo catalão:

“Como presidente legítimo do Governo da Catalunha, eleito a 27 de setembro, exijo a libertação dos membros do meu Executivo, assim como do meu vice-presidente. Exijo respeito por todas as opções políticas e exijo o fim da repressão política”, disse Puigdemont.

Vários antigos membros do Governo regional catalão são acusados dos delitos de rebelião, sedição e desvio de fundos. Oriol Junqueras, antigo vice-presidente, encontra-se entre entre os alvos da medida de prisão preventiva.

O antigo conselheiro Santi Vila, que se demitiu poucas horas antes da destituição do Executivo catalão, pode aguardar julgamento em liberdade, mas terá de pagar 50 mil euros.

Espera-se que a Audiência Nacional oficialize o mandado de detenção europeu esta sexta-feira. Madrid enviará um pedido de extradição ao Ministério Público federal belga.

Com Lusa