Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

As ligações de Wilbur Ross à Rússia

As ligações de Wilbur Ross à Rússia
Tamanho do texto Aa Aa

As novas revelações do Consórcio Internacional de Jornalismo de Investigação, em parceria com o jornal alemão, Süddeutsche Zeitung e outros 94 órgãos de comunicação, os chamados “Paradise Papers”, trazem a lume também as ligações entre o secretário do Comércio dos EUA e a Rússia. Wilbur Ross, diz a investigação, está por detrás de uma teia de empresas offshore e detém uma participação numa companhia de transportes marítimos, a Navigator Holdings, que tem como principal cliente o produtor de gás e petroquímicos russo, Sibur, de quem terá recebido 68 milhões de dólares, desde 2014. Um dos genros do presidente russo, Kirill Shamalov, detinha 20% desta empresa, agora a sua participação é menor. A Sibur contribuiu com oito por cento da receita da Navigator Holdings, no ano passado, isto de acordo com relatórios dos reguladores de valores mobiliários.

O partido Democrata dos EUA já pediu um inquérito às ligações empresariais do multimilionário norte-americano, de 79 anos, à Rússia.