Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Temperaturas globais continuam a subir

Temperaturas globais continuam a subir
Tamanho do texto Aa Aa

Segundo as Nações Unidas o ano de 2017 deverá estar entre os três com temperaturas mais elevadas, de que há registo. Portugal é, aliás, um dos países onde a seca extrema é um verdadeiro problema.

É para debater as questões ambientais que está a decorrer, em Bona, na Alemanha, a 23ª conferência da ONU sobre o clima. Um evento presidido, este ano pelas ilhas Fiji, ameaçada pela subida do nível do oceano provocada pelo aquecimento global:

“É um sinal importante que as Fiji assumam a presidência este ano. Chama a atenção do público para um dos principais problemas da política climática: os efeitos das mudanças climáticas nos pequenos estados insulares. Concordámos em Paris em limitar o aquecimento global em menos de 2 graus, se possível até mesmo ficar nos 1,5 graus. Este limite tem particular importância para os pequenos estados insulares”, afirmou a ministra do Ambiente alemã, Barbara Hendricks.


A 23ª conferência acontece depois do presidente dos EUA, Donald Trump, ter anunciado que se o seu país não cumpriria o compromisso firmado na capital francesa, em dezembro de 2015, por Barack Obama.