Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Trump: "O tempo da paciência estratégica acabou"

Trump: "O tempo da paciência estratégica acabou"
Tamanho do texto Aa Aa

O périplo asiático de Donald Trump levou-o a confrontar-se com as histórias de vários cidadãos japoneses que terão sido sequestrados pelo regime norte-coreano. Pyongyang assumiu que foram intercetados de facto 13 japoneses nos anos 70 e 80, mas que todos eles foram entretanto libertados ou já morreram. No entanto, esta visita ao primeiro-ministro Shinzo Abe, em Tóquio, teve como pano de fundo o incontornável tema da Coreia do Norte.

O presidente americano declarou que “o tempo da paciência estratégica acabou. Há quem diga que a minha retórica é demasiado dura, mas vejam o que aconteceu nos últimos 25 anos, quando a retórica era fraca”.

E Abe veio reforçar a ideia: “todas as opções” estão em cima da mesa, afirmou, salientando que Washington e Tóquio estão “100%” em sintonia sobre esta questão.

Neste segundo dia de visitas, o presidente americano, acompanhado de Melania Trump, encontrou-se também com o Imperador Akihito e a Imperatriz Michiko.