Inspeção radical a igreja Renascentista

Inspeção radical a igreja Renascentista
De  Nara Madeira
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

Peritos em renovação de igrejas examinaram, fazendo rapel, o estado da Catedral de Santa Maria del Fiore, em Florença.

PUBLICIDADE

Peritos em renovação de igrejas examinaram o estado da Catedral de Santa Maria del Fiore, em Florença. Para facilitar o trabalho, pelo menos para quem não tem medo de alturas, fazem-no recorrendo, digamos, a uma tática radical, o rapel, que lhes permite analisar, mas de perto a igreja renascentista.

Na realidade esta técnica é utilizada há séculos mas hoje, as medidas de segurança são muito mais apertadas, para evitar tragédias. Com esta técnica consegue-se verificar, inclusivamente, o estado de conservação da cúpula do edifício.

A inspeção é necessária, obrigatória mesmo, principalmente depois de no mês passado um turista espanhol ter morrido quando lhe caiu em cima um capitel de uma coluna na Basílica de Santa Cruz, onde estão os túmulos de Michelangelo, Galileu ou Maquiavel.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Três mortos e dois desaparecidos após acidente em prédio em construção em Florença

Sala secreta de Miguel Ângelo abre ao público

Arte para proteger o mar da pesca de arrasto