Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

LGBT contra decisão judicial

LGBT contra decisão judicial
Tamanho do texto Aa Aa

Uma dúzia de ativistas iniciou quarta-feira uma greve de fome depois de o Tribunal Constitucional da Bolívia ter decidido que os membros da comunidade LGBT podem mudar sua identidade e género no seu cartão de cidadão, mas não estão, legalmente autorizados a casar, adotar crianças ou concorrer a cargos públicos.
Uma decisão que levou também para as ruas mais de uma dezena de pessoas que não concordam com esta situação.

“Eles não são o parlamento, nem a Assembleia constitucional, por isso atuaram contra a lei e contra um fundamento essencial da Constituição, ou seja, que somos todos iguais e temos todos os mesmo direitos.”

Para os manifestantes esta decisão vai contra os direitos concedidos, pelo Congresso, aos membros da comunidade LGBT m termos de casamento e adoção, para pessoas que mudassem de sexo.