Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Saad Hariri anuncia regresso a Beirute

Saad Hariri anuncia regresso a Beirute
Tamanho do texto Aa Aa

Saad Hariri vai voltar a Beirute, na próxima semana.

O primeiro-ministro do Líbano, que se demitiu durante uma visita à Arábia Saudita, há mais de duas semanas, fez o anúncio em Paris, após um encontro com o presidente francês, Emmanuel Macron.


Hariri, que justificou a demissão por temer pela própria vida, retorna ao Líbano onde vai clarificar a situação com Michel Aoun, que recusou aceitar a renúncia do chefe do Executivo enquanto permanecer fora do país.

“Vou voltar ao Líbano para celebrar o dia da independência e eu vou ter uma conversa com o presidente do Líbano, Michel Aoun. Nessa altura divulgarei a minha posição política. Como sabem, apresentei a minha renúncia. Assim sendo, vou fazer uma declaração, no Líbano, sobre o que se seguirá, depois de me encontrar com o presidente libanês”, afirma o primeiro-ministro demissionário.

A demissão inesperada de Saad Hariri preocupa a comunidade internacional que receia a eclosão de mais um conflito no Médio Oriente e uma nova guerra no Líbano.

O país tem sido usado pelo Irão, xiita, e Arábia Saudita, sunita, para medirem forças. Riade e Teerão lutam para aumentar a influência na região.