A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

"Geobloqueio" vai terminar no mercado único europeu

"Geobloqueio" vai terminar no mercado único europeu
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

O chamado “geobloqueio” – uma prática que permite aos vendedores online a diferenciação de serviços mediante a nacionalidade ou local de residência dos consumidores – vai ser proibido no mercado único europeu.

A decisão conjunta das instituições diretivas de Bruxelas vai deixar então que sejam os próprios utilizadores a escolherem os sites a partir dos quais pretendem efetuar compras, em vez de serem automaticamente encaminhados em função da localização geográfica.

No entanto, os fornecedores preservam ainda o direito de entregar os produtos nos países que quiserem determinar.