Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Vice-PM irlandesa demite-se para evitar queda do governo

Vice-PM irlandesa demite-se para evitar queda do governo
Tamanho do texto Aa Aa

A vice-primeira ministra irlandesa apresentou esta terça-feira a demissão para evitar a queda do governo conservador e a convocação de eleições antecipadas.

Frances Fitzgerald anunciou a decisão horas antes do parlamento submeter o executivo minoritário a uma moção de censura.

Na base da saída da ministra estão as revelações de que Fitzgerald teria ocultado informações sobre um escândalo de corrupção na polícia nacional durante a sua passagem pelo ministério da Justiça.

Segundo o líder da oposição, Micheál Martin, "isto só podia ser resolvido com a demissão da vice-primeira-ministra. Há um grande número de pessoas no parlamento que não têm confiança nela por causa disto. Nós não queremos eleições antecipadas".

Trata-se da primeira vez que a oposição liberal põe em causa o acordo que permitiu que os conservadores governassem em minoria desde Fevereiro do ano passado.

A saída da número dois do governo evita uma crise política num momento decisivo das discussões sobre o "Brexit", nomeadamente sobre o futuro estatuto da fronteira do país com a Irlanda do Norte, após a saída de Londres da União Europeia.