Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Um dueto excecional: Rolando Villazón e Ildar Abdrazakov

Um dueto excecional: Rolando Villazón e Ildar Abdrazakov
Tamanho do texto Aa Aa

Os duetos com ambas vozes masculinas são algo raro. Mas é o que acontece com o tenor franco-mexicano Rolando Villazón e o baixo russo Ildar Abdrazakov.

O duo começou uma uma digressão no Smetana Hall, em Praga. Cantaram algumas das mais conhecidas árias e duetos, incluindo peças de Mefistofele, de Arrigo Boito. A acompanhá-los, a Orquestra Filarmónica de Janáček.

A Euronews foi até à capital checa e falou com os cantores.

“Não é um repertorio que tenhamos conseguir preparar facilmente,” explicou Villazón. “Porque são estes duetos para baixo e tenor. São vozes muito intensas, mas é verdade que se estabelece uma ligação e uma harmonia. Pessoalmente, é muito confortável cantar estes duetos, embora não haja muitos”.


Villazón e Abdrazakov conheceram-se em 2019. Cantaram juntos no Metropolitan Museum of Art, o MET, na cidade de Nova Iorque e, segundo o que disseram à Euronews, imediatamente se identificaram um com o outro.

O programa inclui peças relacionadas com a cultura dos dois cantores. A tradicional russa Oči černé, (Olhos Escuros) e a conhecidíssima mexicana Granada. Mexicana, mas escolhida por Abdrazakov.

O duo estará presente em Munique, dia três de dezembro, em Paris, dia nove de dezembro e em Viena, dia 12 de dezembro.