Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Erdogan: "É como deitar gasolina na fogueira dos terroristas"

Erdogan: "É como deitar gasolina na fogueira dos terroristas"
Tamanho do texto Aa Aa

O presidente turco não esteve com meias palavras na receção a Abdullah II, o rei jordano, em Ancara. A decisão de Trump mereceu-lhe o seguinte comentário: "é como deitar gasolina na fogueira dos terroristas".

"Dar um passo em falso pode provocar uma onda de indignação no mundo islâmico, dinamitar o caminho da paz e desencadear novas tensões e confrontos. É preciso evitar a mudança do estatuto legal de Jerusalém. Isso tem sido repetidamente afirmado pelas Nações Unidas", afirmou.

Depois de ouvir Erdogan dizer também que ninguém tem o direito de jogar com o destino de milhares de milhões de pessoas, o monarca jordano declarou o seguinte: "Não há outra alternativa senão a solução de dois Estados. Jerusalém é uma peça chave em qualquer acordo de paz e na estabilidade de toda a região".