Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Cela de Natal ilumina olhar de reclusas no Rio

O sorriso por detrás das grades
O sorriso por detrás das grades -
Direitos de autor
REUTERS/Pilar Olivares
Tamanho do texto Aa Aa

Atrás das grades mas com a esperança bem acesa para um recomeço de vida. Em parte deve-se ao espírito de natal, mas não só. Uma das maiores penitenciárias do Rio de Janeiro - a Nelson Hungria - organizou pelo oitavo ano consecutivo o concurso da cela mais bem enfeitada para o Natal.

O olhar das reclusas voltou a ganhar um brilho especial.

"Para mim é muito importante, apesar de a vitória não ser o motivo pelo qual participamos. Nós participamos porque o Natal aqui dentro é muito difícil", afirma a reclusa Marciana Soares Gaspar.

As atividades foram realizadas com material reciclado como garrafas e folhas de alumínio das refeições. A direção da penitenciária acredita que estas atividades ajudam a recuperar vidas.

"Nós acreditamos que os seres humanos podem ser reabilitados, acreditamos que a mudança é possível e nos estamos a trabalhar para que isso aconteça. Já tivemos muitos casos de reclusas que saíram e começaram a trabalhar", explica Ana Gabriela Rosa Maia, diretora da penitenciária Nelson Hungria.

Cerca de 540 reclusas participaram no concurso "Cela Brilhante. Para além de prémios que foram desde televisores modernos e a renovação de casas de banho, a chama de um possível recomeço ganha mais força.