Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

"Weinstein também é o meu monstro" garante a atriz Salma Hayek

"Weinstein também é o meu monstro" garante a atriz Salma Hayek
Tamanho do texto Aa Aa

"Harvey Weinstein também é o meu monstro". É desta forma que a atriz Salma Hayek descreve o produtor norte-americano num artigo de opinião publicado no New York Times. A atriz afirma que o calvário se prolongou pelos últimos 14 anos. Salma garante que a palavra que Weinstein mais odeia ouvir é "não". E a lista de "nãos" é vasta.

Lembra que teve de fechar a porta ao produtor muitas vezes durante a noite e que as mulheres que o rodeiam vivem numa permanente batalha. Mas agora a situação está a mudar.

Salma Hayek recorda as ameaças que sofreu durante a rodagem do filme "Frida", do qual é protagonista: garante que Weinstein chegou a dizer-lhe que a ia tirar do filme caso a atriz não aceitasse fazer uma cena de sexo com outra mulher.

A atriz assume ainda que que nunca contou a história a ninguém por "cobardia"

Recorde-se que o caso do produtor norte-americano Harvey Weinstein foi revelado pelo The New York Times e abriu "a caixa de Pandora": as dezenas de outros casos que se tornaram públicos nos últimos meses.