Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

BCE mantém taxas de juros inalteradas

BCE mantém taxas de juros inalteradas
Tamanho do texto Aa Aa

O Banco Central Europeu vai manter as taxas de juro inalteradas e confirma que a partir do próximo ano vai reduzir o programa de compra de ativos destinado a apoiar a economia da zona euro.

Pelo menos até setembro, o BCE vai comprar dívida pública e outros ativos detidos pelos bancos ao ritmo de 30 mil milhões de euros em compras mensais.

O presidente da instituição mostra-se otimista nas previsões de crescimento na zona euro entre 2017 e 2019, mas prudente em relação à inflação.

"As decisões da nossa política monetária permitiram preservar as condições de financiamento favoráveis ​que, ainda, são necessárias para um retorno sustentado das taxas de inflação que estão abaixo, mas perto de dois por cento. As nossas informações e as novas projeções indicam um forte ritmo de expansão económica e uma melhoria significativa nas perspectivas de crescimento" refere Mario Draghi, Presidente do BCE.

As previsões apontam para o crescimento do Produto Interno Bruto da zona euro de 2,4% em 2017 recuando uma décima no ano seguinte. Em 2019, o PIB deve ficar abaixo dos dois pontos percentuais.

O BCE reviu, também, em alta a previsão de evolução dos preços para 2018 que devem subir duas décimas.