Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

"Cidadãos" vence sem maioria absoluta

"Cidadãos" vence sem maioria absoluta
Tamanho do texto Aa Aa

A vencedora da noite, Inés Arrimadas. A líder do Cidadãos conquistou 25,35% dos votos, assegurando a eleição de 37 deputados.

Com mais de um milhão de eleitores, o Cidadãos tornou-se no primeiro partido contra a independência da Catalunha a vencer as eleições autonómicas.

Arrimadas defendeu que deve ser a presidente da Catalunha e que esta foi também uma vitória da região, de Espanha e da Europa.

"Ganhámos as eleições para o Parlamento da Catalunha. Pela primeira vez na história da Catalunha, há um partido constitucionalista a vencer e é o Cidadãos. Um milhão e cem mil catalães votaram em nós. Eu só quero dizer-lhes um milhão e cem mil agradecimentos a todos", afirmou Arrimadas.

Sem motivos para festejar, o Partido Socialista da Catalunha ficou aquém do esperado conquistando 13,87% dos votos, no entanto elegeu 17 deputados, mais um dos que no escrutínio anterior.

O líder, Miquel Iceta, apelou aos independentistas para que abandonem a "via unilateral e ilegal"

O grande derrotado da noite foi Xavier Garcia Albiol. O candidato do Partido Popular da Catalunha arrecadou 4,24% dos votos, elegendo apenas 3 deputados.

Garcia Albiol assumiu a derrota e mostrou-se muito preocupado com o futuro social e económico da Catalunha.