Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Celebrações de Natal interrompem confrontos no Médio Oriente

reuters
reuters
Tamanho do texto Aa Aa

Estes dias são, para milhões de cristãos em todo o mundo, dias de celebrações. 

Em belém , apesar dos conflitos entre israelitas e palestinianos que têm enchido as ruas, nestes dias,  não houve margem para ódios.

Mas não foi só a cidade onde Jesus Cristo nasceu que tirou o dia para festejar.

Jerusalém, apesar de não esquecer o tema que tem levantado conflitos por todo o mundo também celebrou o Natal. A missa principal foi dirigida pelo patriaca da cidade. 

No Iraque, uma igreja da cidade de Al-Qosh, abriu portas pela primeira vez desde que o estado islâmico foi irradicado.

Já fora do médio Oriente, no Paquistão. a segurança na cidade de Quetta foi reforçada, depois de a uma semana do Natal, uma pequena comuidade paquistanesa cristã ter sido alvo de um ataque.

Apesar das ameças lavantadas, o Natal foi celebrado com a mesma força.