Última hora

Última hora

Israel vota "Sim" em projeto de lei que permite pena de morte

Em leitura:

Israel vota "Sim" em projeto de lei que permite pena de morte

Reuters
Tamanho do texto Aa Aa

O parlamento israelita votou esta quarta-feira num projeto de lei que permite a pena de morte a todos aqueles que estejam envolvidos em ataques mortais.

O resultado da votação foi 52 votos a favor contra 49. 

O primeiro-ministro do país disse, no fim dos resultados, que em casos em que não há arrependimento, o culpados serão executados.

"Acho que em situações extremas também há uma lógica simples, e a lógica simples é se alguém mata e ri, não passará o resto da vida na prisão, mas será executado." 

Palavras de Benjamin Netanyahu, enquanto o parlamento se enchia de apupos. 

A medida chega depois de, em Junho de 2016, dois palestinianos terem aberto fogo num supermercado em Tel Aviv, ataque onde resultaram quatro mortos.

Se o projeto-lei avançar, a partir de agora, casos como este irão resultar em pena de morte