Ex-agente da CIA suspeito de espiar para a China

Ex-agente da CIA suspeito de espiar para a China
De  Rodrigo Barbosa com Lusa
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Jerry Chun Shing Lee foi formalmente acusado de posse ilegal de informação classificada

PUBLICIDADE

Um ex-agente da CIA foi formalmente acusado num tribunal de Nova Iorque de posse ilegal de informação classificada, um dia depois de ser detido no aeroporto John F. Kennedy.

Em comunicado, o Departamento de Justiça dos Estados Unidos precisou que Jerry Chun Shing Lee, de 53 anos, é um cidadão naturalizado norte-americano, que residia em Hong Kong e trabalhou para a Agência Central de Informações (CIA em inglês) entre 1994 e 2007.

A acusação de que é alvo pode valer-lhe até 10 anos de prisão, mas fontes próximas da investigação dizem que é suspeito de um crime muito mais grave, passível da pena de morte: passar informações para a China que provocaram a morte ou detenção de duas dezenas de agentes norte-americanos.

Lee aguarda transferência para a Virginia, onde está localizada a sede da CIA e onde será ouvido num tribunal federal.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Nova "Guerra das Estrelas": Rússia desenvolve sistema de mísseis nucleares antissatélite

Senado dos EUA aprova pacote de ajuda à Ucrânia

Biden insiste que "a memória está boa" quando a investigação de documentos cita a sua "precisão e memória limitadas"